quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Em partes

Uma parte de mim
É silencio profundo,
Outra parte é grito,
Que esgota aos meus ouvidos.

Uma parte de mim
É mundo, às vezes, sem fundo.
Outra parte é nada,
Vazio na estrada.

Uma parte de mim
É só palavra.
Palavra que vaza.
Outra parte,
É poesia, pura alegria.

Uma parte de mim
É delírio, vertigem.
Outra parte,
É realidade.

Uma parte de mim
É linguagem, traduzir-se uma parte.
Em outra parte,
Não se sabe.

Uma parte de mim
Pesa. Quebra .
Outra parte, pondera.

Uma parte de mim
É você, é querer.
E, a outra,
Também!


Marília Felix

7 comentários:

  1. é lindo tudo aqui!

    beijocas iluminadas!

    =)

    ResponderExcluir
  2. Somos partes de um todo. Lindo Marília! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Sim, somos partes de um todo pintado de sentimentos e eternizado de poesias!

      Beijo, Rê.

      Excluir
  3. Como sempreee perfeita suas palavrasss adoro seus Devaneiosss lindaaa!!!

    ResponderExcluir

'Quem és tu que me lês? És o meu segredo ou sou eu o teu?'