sábado, 10 de setembro de 2011

Entre as minhas asas diáfanas

E eu aqui,
Já não consigo reprimir as minhas pálpebras,
Elas teimam em se fechar...
Mas eu, que tenho asas diáfanas,
Não consigo deixar de imaginar,
Deixar de ver a esperança que vive entre as nossas “costuras”
E que, do tempo, se farão presentes em nossos sorrisos tão parecidos.
Você que torna minha vida mais ingovernável,
Que me faz pular poças e mais poças, fazendo splashes sobre a água,
Respingando sobre mim,
A tua minha gargalhada.
E maximizando a minha felicidade...
Que és tua!
E eu encharco-me dela!

(Marília Felix)
Post original no Jardim do Girassóis

10 comentários:

  1. E eu me encharco de tua felicidade...realmente, é bom demais, ter alguem que nos encharque de felicidade...Bjin e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. Tão lindo... tão doce...

    Que bom seria se a gente pudesse ser feliz só com a felicidade do outro...

    ResponderExcluir
  3. Alegria pode ser inebriante e nos envolver no outro além do que imaginávamos.

    Beijo e ótima semana!

    ResponderExcluir
  4. Marília ,a imagem é linda.E o que dizer das suas palavras?
    Eu sempre digo que falamos do que nosso coração está cheio...
    Pelo jeito o que tens aí dentro é coisa bonita!
    Beijo ,carregado de saudades.

    ResponderExcluir
  5. Entre as tuas asas diáfanas repousam todas as sensações, todas as fantasias, todos os desejos!...


    Beijos!
    AL

    ResponderExcluir
  6. " Your my laughter" How I love that line...

    The post is beautifull.

    ResponderExcluir
  7. Meiga e intensa toda vida!

    Beijo doce de quem te ama.

    ResponderExcluir
  8. Que lindeza!

    Se encharcar de felicidade, gosto disso!

    :)

    Sempre tão encantador te ler.

    um beeijo*

    ResponderExcluir
  9. Esperança no que der e vier!
    *Adorei a foto!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Oie, passando para dizer que tem selinho pra vc do meu cantinho... passa lá, bjssss

    ResponderExcluir

'Quem és tu que me lês? És o meu segredo ou sou eu o teu?'