domingo, 4 de setembro de 2011

Ser menos -


Eu preciso aprender a ser menos.
Menos dramática.
Menos intensa.
Menos exagerada.

Alguém já desejou isso na vida: ser menos?
Pois é.
Estranho.
Mas eu preciso.

Nesse minuto, nesse segundo, por favor, me bloqueie o coração,
Cale-me o pensamento, me dê uma droga forte para tranqüilizar a alma.

Porque eu preciso. E preciso muito.
Eu preciso diminuir o ritmo, abaixar o volume, andar na velocidade permitida,
Não atropelar quem chega, não tropeçar em mim mesma. 

Eu preciso respirar.
Me aperte o pause, me deixe em stand by,
Eu não dou conta do meu coração que quer muito.

Eu preciso desatar o nó.
Eu preciso sentir menos, sonhar menos, amar menos, sofrer menos ainda. 

Onde está a placa de PARE bem no meio da minha frase?

Confesso: eu não consigo.
Nada em mim pára, nada em mim é morno, nada é pouco, não existe sinal vermelho no meu caminho que se abre e me chama.

E eu vou...
Com o coração na mochila,
O lápis borrado, o sorriso e a dúvida, a coragem e o medo, mas vou...

Não digo: "estou indo", não digo: "daqui a pouco", nada tem hora a não ser agora.
Existe aí algum remedinho para não-sentir?
Existe alguma terapia, acupuntura, pedras, cores e aromas para me calar a alma e deixar mudo o pensamento?

Quer saber?
Existe.
Existe e eu preciso.
Preciso e não quero.

15 comentários:

  1. Como dizia Renato: "O que é demais nunca é o bastante".
    Bastante é o que basta, é o equilíbrio e é disso que a gente precisa.

    :)

    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi menina Maríliaaaaaaaaaa !
    Concordo contigo e com o mano Renato..."demais nunca é o bastante", sempre queremos o MAIS...
    Mais paz, mais Amor, mais serenidade, mais tudo...
    E às vezes, é preferível apertar esse botãozinho que está no post, do pause, do STOP, enfim...dar um tempinho para respirar e seguir em frente, porquê, Marília...atrás sempre tem genteeeeeee

    E nem sempre é gente do BEM, como você...
    Magnífico texto...só poderia estar aqui, neste espaço ESPECIALÍSSIMO, de uma mulher mais ESPECIALÍSSIMA ainda...

    Um beijo e alguns milhões de xerossssssssss para ti...um abençoado domingo !

    Ps: N.E.O.Q.E.A.V

    ResponderExcluir
  3. Ai Marília eu achei tão meigo e quer saber eu preciso de um remedinho desses mas como odeio tomar remédio, recuso-me a tomar... Preciso, não tomo... Morro na pressa, na intensidade... Por que hoje, agora é o que há...


    Bjs
    Boa Semana querida
    http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. De vez em quando é necessário ser menos. Para depois nos tornarmos MAIS.
    Bjusss
    Sil

    ResponderExcluir
  5. Quem quer sempre alcança e vc, tem garra flor, adoro te, passando pra desejar uma linda semana, que ela seja abençoada, e iluminada, com todas as cores possivéis, beijos grandes..

    ResponderExcluir
  6. Dificil é encontrar esse meio termo neh amiga?
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  7. Marília! Você e suas postagens cada dia melhores e mais reflexivas. Eu pensei muito sobre esta alternativa e descobri que eu também estou neste barco: preciso ser menos... Beijos!!!

    ResponderExcluir
  8. oie, passando pelo seu cantinho para matar as saudades...

    bom feriado, bjssss

    ResponderExcluir
  9. Querida amiga Marilia!
    Depois de uma temporada de trabalho com na realizações de festas, cá estou eu já com menos trabalho e com mais disponibilidade para o que gosto que são os meus blogues e seguidores.
    Gostei deste poema muito armonioso, como sempre lindissimo!

    Um beijo bem grande.

    ResponderExcluir
  10. Que lindo, Marília!
    Eu preciso também, as vezes eu preciso acalmar o coração que bate desordenado, fora do compasso, intenso demais, mas não quero não, diminuindo não seria eu mesma, gosto do jeito que sou.

    Amei imensamente!

    beeijo meu*

    ResponderExcluir
  11. A vida por vezes nos atropela,confunde e a paz que conforta faz falta.Por isso tranquilize o coração.As ondas vem ,mas voltam para o mar,sempre...
    Beijo Lindinha!

    ResponderExcluir
  12. Não, não seja menos...

    Seja simplesmente você!!!

    Já é muito e eu ADORO!

    Beijoca, querida!

    ResponderExcluir

'Quem és tu que me lês? És o meu segredo ou sou eu o teu?'