quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Passagem das horas

Trago dentro do meu coração,
Como num cofre que se não pode fechar de cheio,
Todos os lugares onde estive,
Todos os portos a que cheguei,
Todas as paisagens que vi através de janelas ou vigias,
Ou de tombadilhos, sonhando,
E tudo isso, que é tanto, é pouco para o que eu quero.

17 comentários:

  1. Que intenso Marília!

    Vá em busca do que queres, encha novos cofres se encha do infinito, do ilimitado, ganhe asas e dê asas.

    Um beijo grande!

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre leio F.Pessoa com o coração na mão. Esse poema em especial, todo ele é belissimo, mas o fragmento escolhido é estonteante.

    Abraços flor!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde...e se tens mais a conhecer, navegues por entre teus sonhos e descubra uma vida inteira de encantamentos...Bjin

    ResponderExcluir
  4. Tudo que se quer...

    Nem tudo que se pode ter...

    Mas tudo que se deve lutar pra conquistar...

    Tudo que se tem pra sonhar...

    beijos no cora!

    ResponderExcluir
  5. Nunca dá para parar de querer. Um grande bj

    ResponderExcluir
  6. Sempre queremos mais e mais, nunca estamos satisfeitos com os lugares que conhecemos e com as pessoas que encontramos. Mas essa insatisfação é boa, pois impulsiona o ser humano para frente. Linda a sua postagem.

    ResponderExcluir
  7. Oi menina Marília...

    Bom estar aqui, sempre...lendo-a...
    Concordo com a mensagem de hoje : sempre é pouco o que queremos e precisamos em termos de experiências e vivências...há que se querer mais, sempre...senão a vida perde a graça, a mesmice não auxilia em nada.

    É como ser sempre "morno"...coisa chata...hehehe
    Ou muito frio, ou então QUENTE...nada de meio termo...

    Um beijo....aliás, muitosssssssssssss
    E milhares de XEROSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    N.e.o.q.e.a.v.
    Deus a abençoe

    ResponderExcluir
  8. Marília. Sou fã dos seus escritos, tão sensíveis e verdadeiros. Beijão!!!

    ResponderExcluir
  9. É pouco pra mim também, mesmo sendo tanto, ainda quero mais, quero tudo.

    Que lindo, Mari!

    um beeijo*

    ResponderExcluir
  10. Sua cutucadoraaaaaa texto lindooo como sempre, passando para espalhar mais amor por aqui beijoss
    doro oce

    ResponderExcluir
  11. Ah, Pessoa... Sempre maravilhoso Pessoa, em seus inúmeros tempos, entre horas e minutos...

    A vida é agora!

    Beijos, Má querida!!

    ResponderExcluir
  12. Há pessoas de pessoa.
    E há pessoas de Pessoa.


    Te amo, um beijo.

    ResponderExcluir
  13. Que lindo, Marília! Quanta poesia nesses versos.

    ResponderExcluir
  14. Dentro dos teus olhos cabe um universo!...


    Te beijo!
    AL

    ResponderExcluir
  15. Estas riquezas trazidas fazem de você um receptáculo da beleza, uma alegria que se encontra, uma flor que sorri.

    ResponderExcluir

'Quem és tu que me lês? És o meu segredo ou sou eu o teu?'