quinta-feira, 30 de junho de 2011

Dentro de nós


Dentro de nós, há momentos sós
Momentos sem voz
Há pedaços, dedilhados em pele na qual não se vê

Dentro de nós, há escritos
Versos transcritos, a serem lidos
A serem consumidos...

Folhas brancas que puncionam nosso coração
Que evaporam a nossa emoção
Evapora em verde, em querer-te

São palavras ao avesso
Que rasgam o véu da nossa alma
E libertam o nosso eu bem longe...
Longe, onde o pôr-do-sol se esconde

Dentro de nós, há um Sol
Sol que brilha, que irradia

Que ilumina os olhos do coração
Que vem com vontade de revolução

Uma essência a gritar, a clamar
A chegar!
Chega devagar...
De vagar...
(Marília Felix)

20 comentários:

  1. Querida!!!Sofremos então deste mesmo mal.Saudades...
    Teu texto está lindo.Sabe,sempre digo que ,falamos do que o coração está cheio...Logo,imagino como deva estar o seu.
    Beijo Marília.

    ResponderExcluir
  2. Marília! Eu penso que dentro de nós há um fruto de uma maturidade pessoal conquistada com exercícios espirituais e disciplina de cabeça e alma. Ótimo post, como sempre. Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Dentro de nós há o tudo e o nada... Cabe a nós escolhermos à qual deles será dada a voz!

    Lindo!!

    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  4. Wow....you write so beautifully!!

    It is also nice to "Tweet" you...LOL

    Hugs from America!

    ResponderExcluir
  5. Estas coisas lindas que temos dentro de nós e que, tu, expeles tão bem pela pele, pela alma.

    Gostei Marilia.

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Oi menina Marília...saudades imensassssssss

    Hoje, folga, como lhe disse...mas tu não tá no messene...humpft...

    Temos muitos tesouros escondidos em nós mesmos, alguns que pouco damos valor e, outros, que de tal importância são, que precisamos não só dar o polimento necessário, como mostrá-los ao mundo todo...hum rum...

    Um beijo e muitos xerossssssssssss....

    N.e.o.q.e.a.v

    ResponderExcluir
  7. "Dentro de nós, há um Sol
    Sol que brilha, que irradia"

    Boa noite, e como desprezamos esse sol nos dias de inverno nao e mesm? Sinto sempre que o sol me abandonou e que meus dias se tornaram cinzas por causa disso, mas na verdade, ele esta dentro de mim e so eu nao o vejo,...belo, gostei demais...bjin

    ResponderExcluir
  8. Dentro de nós existe uma voz que se recusa a calar.

    Que grita, que implora por mais!
    Mais vida, mais amor!

    Lindooooooooooo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Dentro de "nós" há uma vontade imensa de apreendermos palavras belas.
    Dentro dos teus versos há uma beleza imensa que satisfaz a vontade de palavras que há em nós.
    Tudo de bom.

    ResponderExcluir
  10. Mas às vezes isso tudo adormece, né?

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  11. Oii meninaa!!!
    Pois é,
    Dentro de nós há tanto,
    há o nosso melhor!!
    Bjuus

    ResponderExcluir
  12. Boa noite, passando para te pedir um favor, pode ser? Então...voce pode me fazer um favor? Entre no meu http://meumodosuavedeescrever.blogspot.com, la voce clika num selinho "TROVADOR LIRICO", vais entrar no blog.OSTRA DA POESIA, tem uma porta marrom, que abre e fecha, entre nela e veras meu poema: O poeta...seus rabiscos...agora, va no final da pagina e envie uma mensagem votando no meu poema, pronto! Obrigada e sempre estarei a te visitar...BJIN em seu coração!

    ResponderExcluir
  13. Temos dentro de nós aquilo que somos e o que gostaríamos de ser. Na verdade, dentro de nós tem o Universo inteiro. Parabéns pela linda postagem.

    ResponderExcluir
  14. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Entrelinhas. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Dentro de nós há sorrisos
    há abraços, há alegria
    há vida, prontinha pra
    sair, basta fazermos
    como as caixinhas de suco
    agitar antes de usar, pra
    acordar tudo que está adormecido.

    (que comparação foi essa que achei? kkkkkk
    mas deu pra entender, né?)

    Abraceijos Mari, poema lindo!!

    ResponderExcluir
  16. É uma luz que alumina nosso rumo...
    Mari, que linda a nova foto do blogger!

    Olha, indico o selo 109 pra você, meu anjo! pode levá-lo! Encontra-se na página inicial do meu blog, lá no fim...

    aproveite e leve o selo que encontra-se nesta postagem: http://cynthiadayanne.blogspot.com/2011/06/acrostico-flores-de-um-jardim.html
    criei especialmente para meus seguidores!

    Fica com Deus!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  17. Dentro de nós exite algo chamado alma, é ela quem comanda o nosso coração e mente, ela que diz o que esta certo e errado, que sonha nossos sonhos mais profundo.

    lindo texto, na verdade maravilhoso mari!!!

    bjos!!

    ResponderExcluir
  18. Um prazer conhecer seu blogue e sua poesia.
    Bj
    Irene

    ResponderExcluir
  19. Olá Marília
    Antes de mais ...parabéns pelo blogue ! :)

    gostei do que li ...

    Gostaríamos muito que desse uma vista de olhos no projecto DVB- Digital Video Book ,de saber a sua opinião e qual o interesse em desenvolver o seu trabalho neste novo formato.

    "Transformamos" os seus trabalhos (já editados em livro, ou não), num DVB- uma ideia original da Pastelaria Studios Productions

    O projecto é recente, é uma inovação, tal como explicamos no nosso blogue:

    http://pastelariaestudios.blogspot.com/


    É exactamente isso! os seus poemas seriam " trabalhados " em DVB . Um livro que se vê como um filme!


    Não se trata do mesmo funcionamento de uma editora "normal", pois não somos uma editora e prestamos essencialmente um serviço criativo.

    A minha sugestão seria, enviar-nos a sua obra, e nós faremos uma análise e um orçamento de custos.

    Posso adiantar que, por ser um projecto novo e, embora o trabalho criativo (audio, voz, imagem, construção do DVB, etc) seja bastante, queremos chegar ao maior número de autores de obras escritas, mesmo que essas estejam ainda na 'gaveta' ...



    Fico a aguardar uma resposta e, qualquer dúvida ...estamos por aqui.

    Um abraço,

    pastelariaestudios@gmail.com

    ResponderExcluir

'Quem és tu que me lês? És o meu segredo ou sou eu o teu?'