sábado, 8 de outubro de 2011

O meu amor


O meu amor
Tem um toque terno que é só seu
Tem um cheiro de fruta temporã que me acalma
E que me deixa louca

O meu amor
Tem gosto do teu beijo
Provoca-me arrepio e me atenua a pele
E vai fundo
Até tocar a alma!

O meu amor
Enxuga as lágrimas antes de elas nascerem
Rouba os meus sentimentos
E depois brinca comigo
Com uma força sem nem ao menos perceber

O meu amor
É grito, clamor e silencio
É voz muda
Que dedilha os meus ouvidos
E me trava os extremos

O meu amor
É suficiente para eu sorrir todas as manhãs
E dar graças, por ele me deixar em brasas
E ser testemunha
Das viradas que ele me faz!
Ótimo findi, amigos!
Um beijo,
Mari

10 comentários:

  1. Love the post...shows such strong emotions of people in love...beautiful

    ResponderExcluir
  2. Ter alguém não basta, é necessário ter um amor!

    ResponderExcluir
  3. O amor é tudo.
    um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  4. Quanta intensidade neste amor, Marília

    Arrepiei!

    Beijos, e muito...muito obrigada pelo carinho, você é doce e linda!

    ResponderExcluir
  5. O amor da força e é tudo de bom... mas as vezes pode ser ruim pois causa dor.


    Beijos Flor,
    óTimo domingo p/ ti.

    ResponderExcluir
  6. O meu amor é teu.

    Tão lindo teus versos, palavras carregas de sensibilidade e sempre intensas.

    um beeijo, querida!

    ResponderExcluir
  7. Eu ia dizer que meu coração perdeu uma batida, mas não: Ele ganhou uma a mais!

    Linda, perfeita, emocionante!

    Beijos do tio!

    ResponderExcluir
  8. O que começa sendo teu, pode prosperar.

    ResponderExcluir
  9. Que aroma maravilhoso senti ao ler teu texto...
    O amor inebria.
    Beijo querida Marília.Saudades.

    ResponderExcluir
  10. Oi flor passando para deseja uma semana iluminada e obrigada pelo carinho de sempre em meu blog, beijos iluminados e doces pra ti :)

    ResponderExcluir

'Quem és tu que me lês? És o meu segredo ou sou eu o teu?'